Estou compelido pelo Espírito Santo a enviar uma mensagem urgente a todos que estão em nossa lista de correspondência, e aos amigos e aos bispos que temos encontrado por todo o mundo. UMA CALAMIDADE AVASSALADORA ESTÁ PRESTES A ACONTECER. SERÁ TÃO ATERRORIZADORA, QUE TODOS IREMOS TREMER – MESMO OS MAIS PIEDOSOS ENTRE NÓS. Por dez anos tenho prevenido a respeito de milhares de incêndios vindo para a cidade de Nova York.

Eles vão engolir a megalópolis inteira, incluindo áreas dos estados de Nova Jersey e Connecticut. Grandes cidades por todos os Estados Unidos viverão levantes e ardentes incêndios – tais como vimos em Watts, Los Angeles anos atrás. Haverá levantes e incêndios em cidades por todo o mundo. Haverá pilhagens – incluindo em Times Square, na cidade de Nova York. O que estamos experimentando agora não é uma recessão, nem mesmo depressão econômica. Estamos sob a ira de Deus. No Salmo 11 está escrito,“Ora, destruídos os fundamentos, que poderá fazer o justo?” (v.3). Deus está julgando os inflamados pecados dos Estados Unidos e das nações.

Ele está destruindo os fundamentos seculares. O profeta Jeremias demanda junto ao ímpio Israel, “Assim diz o Senhor: Eis que estou forjando mal e formo um plano contra vós outros: convertei-vos, pois, agora, cada um do seu mau proceder e emendai os vossos caminhos e as vossas ações. Mas eles dizem: Não há esperança, porque andaremos consoante os nossos projetos, e cada um fará segundo a dureza do seu coração maligno” (Jeremias 18:11-12). No Salmo 11:6 Davi adverte, “Fará chover sobre os perversos brasas de fogo e enxofre, e vento abrasador…será a parte do seu cálice”. Por que? Davi responde, “Porque o Senhor é justo” (v. 7). Isso é um julgamento justo – assim como o julgamento de Sodoma e na geração de Noé. O QUE FARÁ O JUSTO? E O POVO DE DEUS? Primeiro, lhes trago uma palavra prática que recebi para a minha própria direção. Se possível armazene suprimentos não perecíveis para trinta dias, material de higiene e outros essenciais. Nas grandes cidades, armazens e mercearias se esvaziam em uma hora ao sinal de desastre iminente.

Quanto à nossa reação espiritual, temos apenas duas opções. Isso está esboçado no Salmo 11.”Foge, como pássaro para os montes”. Ou, como Davi diz, “O Senhor está no seu santo templo; o Senhor tem o seu trono nos céus. Seus olhos observam; seus olhos examinam os filhos dos homens” (v.4). “No Senhor me refugio” (v.1). Direi à minha alma: não há necessidade de fugir… não há necessidade de se esconder. Isso é obra justa de Deus. Eu contemplarei o nosso Senhor em Seu trono, com o Seu olhar de terna e amorosa bondade observando cada passo que eu der – confiando que Ele irá livrar o Seu povo mesmo em meio à inundações, incêndios, calamidades, testes, provações, pressões de todos os tipos. Nota: eu não sei quando estas coisas virão a ocorrer, mas sei que não estão distantes. Desabafei a minha alma diante de vocês. Façam com a mensagem como desejarem.

Que Deus os abençoe e guarde.

 

Em Cristo, DAVID WILKERSON

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *